Filiais
Piracicaba / SP
Sumaré / SP
Ribeirão Preto / SP
S. J. do Rio Preto / SP
Guarulhos / SP
São Bernardo do Campo / SP
Home Compras Online Filiais Vendas Notícias Dicas Técnicas Garantia Contato

Volvo - Refrigeração

Cinque Terre

Princípios básicos

O propósito do equipamento de refrigeração é fazer com que a temperatura dentro da cabina baixe quando a temperatura exterior for muito alta. Ao mesmo tempo em que se reduz a temperatura, elimina-se também a umidade que está concentrada nas aletas de resfriamento que passam através do evaporador.

O sistema refrigerador não gera frio, mas sim desvia o calor interno da cabina enviando-o para o lado externo.
Para se desviar o calor é necessário um agente refrigerante com temperatura mais baixa que o ar. Segundo as leis da natureza, o calor sempre se desloca de um objeto mais quente para um mais frio e nunca o contrário.

A água aquecida a 100° C, começa a ferver. Isto significa que a água já chegou ao limite de sua capacidade de armazenar calor. Aplicando-se mais calor a água, a mesma desprenderá uma quantidade de calor igual ao que recebe. Este processo é denominado “ebulição”, no qual parte da água é transformada em vapor, levando consigo o calor em excesso.

O ponto de ebulição da água é demasiado alto para que possa ser aproveitado no sistema refrigerador. Por isso deverá ser usado um líquido que se transforme em gás ou vapor a uma temperatura muito baixa, e por questões de segurança, não deve ser explosivo, corrosivo nem inflamável. O elemento que cumpre com todas estas exigências e é usado no presente sistema refrigerador é o HFC 134a, doravante denominado gás refrigerante.

O HFC 134a que mantém uma relação constante entre temperatura e pressão, ou seja quando a temperatura aumenta ou diminui, a pressão também aumenta ou diminui, respectivamente. A uma pressão normal do ar o ponto de ebulição do HFC 134a é –26,9°C.

No ar condicionado o calor é transformado mediante o fluxo (transmissão de calor) do refrigerante, que é impulsionado pela bomba para todo o equipamento.

De um modo mais simples, podemos dizer que o equipamento de ar condicionado é composto de dois trocadores de calor, um instalado no interior da cabina e o outro em frente ao radiador do motor. Ambos os trocadores de calor estão acoplados por meio de mangueiras a um sistema cheio de refrigerante, que é impulsionado por um compressor.

Através do ventilador do equipamento climatizador, o ar da cabina circula através do evaporador, onde o calor do ar é transferido ao refrigerante. O compressor impulsiona o refrigerante até o condensador, onde o calor é transmitido ao ar exterior, que com a contribuição do ar produzido pela velocidade do veículo e do ventilador do radiador do motor, circula através do condensador.


Piracicaba / SP
Avenida 31 de Março, 1780
Paulicéia
CEP: 13424-200
(19) 3301-5400
comercialmotorvol@gmail.com


Sumaré / SP
R. Gumercindo de Couto, 115
Jd. São Judas Tadeu
CEP: 13180-520
(19) 3854-6761
comercialmotorvol@gmail.com


Ribeirão Preto / SP
R. Antonio P. Magaldi, 38
Jd. Interlagos
CEP: 13093-040
(16) 3629-5117
ribeiraopreto@motorvol.com.br


S. J. do Rio Preto / SP
Av. Floriano A.Cabrera, 1241
Res. Cidade Jardim
CEP: 15081-190
(17) 3227-9100
saojosedoriopreto@motorvol.com.br


Guarulhos / SP
Avenida Santos Dumont, 1749
Cumbica
CEP: 07180-270
(11) 2446-1536
comercialmotorvol@gmail.com


São Bernardo do Campo / SP
Avenida Capitão Casa, 506
Vila Jerusalém
CEP: 09811-251
(11) 4941-3016
comercialmotorvol@gmail.com



© 2017 MOTORVOL - MATRIZ - Todos os direitos reservados